Arquivo da categoria: Marcus Smart

As dúvidas no backcourt

Hoje coloco aqui no blog um texto/artigo que um user do Fórum NBA Portugal que sabe do que fala no que diz respeito a NBA!

Este texto foi escrito pelo user RFVZ do Fórum e faz aqui uma excelente análise do que é o futuro incerto neste momento para o roster dos Celtics e mais concretamente o Backcourt. Continue reading As dúvidas no backcourt

Anúncios

Marcus Smart regressa a tempo do Training Camp

Brad Stevens disse hoje em entrevista, que espera que o lesionado Marcus Smart se junte à equipa antes do início do Training Camp. É esperado que Smart regresso no meio do próximo mês de Agosto ou inicio do Setembro.

Recorde-se que Marcus Smart deslocou dois dedos durante a Summer League em Las Vegas, o que o impede de participar no primeiro jogo de exibição da NBA em África, em Agosto.

Os Raios-X efectuados por Smart não trouxeram boas noticias. Um osso da mão teria perfurado a pele, prolongando assim a sua recuperação.marcus-smart-brad-stevens-nba-boston-celtics-phoenix-suns-850x560

Esperamos que o camisola 36 recupere da melhor forma e que continue a evoluir como é projectado e que continue a mostrar o que já provou na temporada passada, um defensor obstinado, capaz de defender várias posições.

Nesta temporada é espectável que Marcus Smart assuma a posição de principal Point Guard dos Celtics, com Isaiah Thomas no seu apoio como Six-Man.

Balanço da Performance na Summer League 2015

Terminada a Summer League de Las Vegas, é hora de fazer um balanço do que podemos para já retirar daquilo que foi a performance e mais valias apresentadas em campo pelos novos jovens recém chegados do draft e pela consolidação de nomes como Marcus Smart.

Começando a falar daquilo que realmente interessa, os desempenhos individuais, começo por destacar Marcus Smart. Do camisola 36 dos Celtics o que fica na memoria acaba por ser a lesão feia que contraiu na mão, oBoston-Celtics-star-Marcus-Sma que levou muita gente a falar e questionar se um jogador da qualidade de Marcus Smart e que já teve na temporada passada um bom ritmo na NBA deveria entrar neste tipo de competição e poder aqui hipotecar a temporada com lesões que seriam de evitar.

Apesar dessa conversa em torno dá lesão, Smart mostrou uma mentalidade agressiva no ataque ao cesto e uma notória melhoria em situação de pick-and-roll. Contudo, os problemas já conhecidos no jogador ao nível ofensivo ainda necessita de trabalho, o seu  potencial a longo prazo continua a ser brilhante, mas os números ofensivos são uma lembrança dolorosa Smart tem contornar para se tornar num all-around guard de excelência.

LAS VEGAS, NV - JULY 18: R.J. Hunter #28 of the Boston Celtics drives to the basket against the San Antonio Spurs during the game on July 18, 2015 at Thomas And Mack Center, Las Vegas, Nevada.  NOTE TO USER: User expressly acknowledges and agrees that, by downloading and or using this Photograph, user is consenting to the terms and conditions of the Getty Images License Agreement. Mandatory Copyright Notice: Copyright 2015 NBAE (Photo by Jack Arent/NBAE via Getty Images)Passando a bola para RJ Hunter, confirmou o seu estatuto de matador da linha de 3 pontos. Ainda é cedo para adiantar que temos aqui um futuro Ray Allen mas é essa a minha crença.

Boston precisa desesperadamente de shooters para preencher os espaços criados pelas penetrações de Isaiah Thomas e companhia no backcourt no esquema ofensivo “pace-and-space” de Brad Stevens e RJ Hunter pode ser aqui uma opção viável para dar profundidade na rotação a Jae Crowder.

Jordan Mickey, pode entrar como opção naquela que tem sido um grande problema para os Celtics, o famoso Big.Jordan-Mickey-Boston-Celtics Mickey mostrou ser um potencial Big Man Atlético que pode no futuro ser uma peça importante para a equipa e prova disso é que Danny Ainge já tratou da sua assinatura de contrato para quatro temporadas. Jordan Mickey exibiu ao longo das duas últimas semanas de summer league um excelente desempenho como shot blocking e uma boa versatilidade defensiva. Mais importante a destacar nas prestações de Jordan Mickey, é que defendeu bem no pick-and-roll, mostrando a velocidade e inteligência em alternar para jogadores menores, uma habilidade crucial na NBA nos dias de hoje para qualquer Big.

Terry Rozier! Se na altura do draft me questionei o porque da escolha, agora que terminada a Summer League as duvidas permanecem. Terry-Rozier-Boston-CelticsCom o roster recheado com peças como Isaiah Thomas, Avery Bradley e Marcus Smart, Rozier continua a estar fora do contexto e em excesso. Espero que o Ainge tenha uma cartada já em mente e que caso algum dos três que referi anteriormente possa vir a ser incluído num negocio por um jogador de qualidade acima da media ou uma possível estrela parece-me curta a margem para Terry Rozier, apesar da saída de Pressey que até jogou a seu favor. Quanto ao desempenho de Rozier, mostrou as credencias que trazia confirmadas de Louisville, grande intensidade defensiva e uma boa capacidade atlética.

Celtics no March Madness – Marcus Smart

Chegamos ao final desta rubrica “Celtics no March Madness”.
Marcus Smart, nossa promissora escolha do ultimo draft teve uma curta passagem na competição.
A equipa de Oklahoma State caiu logo na primeira ronda frente a Gonzaga por 85-77.
Marcus Smart, era a estrela da equipa de Oklahoma City, e não foi por falta da sua inspiração que a equipa saiu derrotada. O nosso actual camisola 36, apontou 23 pontos, 13 ressaltos, e 7 assistências e 6 roubos de bola na partida.
Smart apresentava como ponto forte do seu jogo a sua capacidade atlética e jogo físico, no entanto o seu lançamento no perímetro era algo a melhorar.
O  assistant coach de Oklahoma State, Chris Ferguson, destacava o jovem base como um lider nato, dentro e fora de campo.
Natural de Flower Mound, no Texas, Marcus Smart acabou por ser draftado na 6 pick do draft de 2014 onde era o PG mais cotado juntamente com o Australiano Dante Exum. Desde logo surgira os rumores de que Smart seria o PG para o futuro e o sucessor do lugar ocupado por Rojan Rondo que desta forma era espectável a sua saída para outras paragens, algo que acabou mesmo por se vir a confirmar.
Estou bastante confiante no impacto que o Smart pode ter no futuro da nossa equipa e principalmente por ele ser identificado como um líder nato, é algo que acho importantíssimo numa equipa e com a saida de Rondo nós necessitamos de um jogador que seja um líder ao nível de outros que já deixaram a sua marca no TD Garden. Vamos aguardar os sucessos que Marcus Smart nos vai ainda trazer.